• Global
  • Video
  • Gallery
  • World News
  • Sports
  • Navigation

    Marta conquista seu quinto título na Suécia


    O destaque da semana do futebol feminino de clubes ficou com o nono título sueco do Rosengard, que também foi o quinto de Marta no país (os outros quatro vieram com o Umea) Já na Austrália e a na França, alguns dos candidatos às respectivas taças deram mais um passo convincente para conquistá-las, enquanto a Alemanha continua assistindo a alguns resultados surpreendentes. O FIFA.com confere a movimentação.

    Suécia: Rosengard outra vez
    O Rosengard, antigamente conhecido como Malmö, chegou ao seu nono título nacional com duas rodadas de antecedência e se consolidou como o time mais vitorioso do Campeonato Sueco ao defender com sucesso a taça conquistada na temporada passada. Por um momento, porém, parecia que as comemorações teriam que ser adiadas, pois o time da brasileira Marta perdia até o fim do segundo tempo por 2 a 1 para o Kopparbergs de Gotemburgo, que abriu vantagem com dois gols de Lieke Martens. No entanto, a craque brasileira empatou e, antes do fim, a artilheira da competição, Anja Mittag, viraria o placar para dar a vitória - e o título - à sua equipe. Ambos os gols saíram de um passe da jovem Nathalie Persson, de 17 anos, que havia entrado como substituta e acabou ajudando a transformar o andamento da partida. Marta, eleita cinco vezes a melhor jogadora do planeta, comemora assim sua quinta taça no país, depois de faturar as edições de 2005, 06, 07 e 08 pelo Umea. Agora, resta definir quem ficará com a segunda vaga da Suécia na Liga das Campeãs da UEFA. Por enquanto, o Orebrö, que derrotou o AIK fora de casa por 3 a 0, tem três pontos de vantagem sobre o Kopparbergs e o Linköpings.

    Os quatro primeiros: Rosengard (48 pontos), Orebrö (36) e Kopparbergs e Linköpings (33).

    Austrália: Dois líderes invictos
    Com 100% de aproveitamento, o Sydney e o Perth Glory dispararam na liderança do recém-iniciado Campeonato Australiano após a derrota do Canberra United, que perdeu por 4 a 2 em casa para o atual campeão Melbourne Victory por 4 a 2. O Sydney derrotou o rival Western Sydney Wanderers por 2 a 0 diante de um público recordista, naquela que pode ter sido a última partida de Alen Stajcic no comando da equipe – ele foi apontado como novo técnico da seleção feminina australiana. Já o Glory saiu com um triunfo por 3 a 1 do encontro com o Adelaide United e, com os mesmos nove pontos, fica atrás do Sydney apenas no saldo de gols. O bicampeão Brisbane Roar finalmente arrancou na temporada com uma vitória por 3 a 1 sobre o Newcastle Jets, contando com o retorno da goleira alemã Nadine Angerer.

    Os quatro primeiros: Sydney e Perth Glory (nove pontos), e Canberra United e Melbourne Victory (seis).

    França: Favoritos saem na frente
    O atual campeão Lyon e o ambicioso Paris Saint-Germain já lideram o Campeonato Francês, como era de se esperar. Com quatro vitórias no mesmo número de partidas, a dupla já abriu três pontos de vantagem sobre o Juvisy, o adversário mais próximo na tabela – este perdeu em casa justamente para o Lyon, por 4 a 1. Com um elenco estrelado, o Lyon não teve dificuldades para abrir 3 a 0 ainda no primeiro tempo e ampliar logo depois do reinício. Já o PSG precisou suar um pouco mais a camisa e só saiu vitorioso do estádio do Montpellier graças ao gol da americana Lindsey Horan no finzinho do encontro. Apesar de empatado com o Lyon em 16 pontos, o PSG aparece em segundo na tabela por conta do saldo pior de gols.

    Os três primeiros: Lyon e Paris Saint-Germain (16 pontos) e Juvisy (13).

    Alemanha: Campeão pisa em falso
    O Wolfsburgo, atual campeão alemão e europeu, deu um raro tropeço em casa ao ficar no empate sem gols com o Bayern de Munique. Embora continue sem sofrer gols nesta temporada, o Wolfsburgo permitiu com o resultado que o Turbine Potsdam assumisse a ponta da tabela ao derrotar o Friburgo fora de casa por 4 a 2. Já o Frankfurt se reencontrou com a vitória com os 3 a 0 que fez sobre o Sand.

    Os três primeiros: Turbine Potsdam (12 pontos), Wolfsburgo (dez) e Bayern de Munique (oito).

    FIfa.com 
    Share
    Banner

    Deixe seu comentário