• Global
  • Video
  • Gallery
  • World News
  • Sports
  • Navigation

    Náutico se despede com derrota do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino

    Timbu chegou a empatar o jogo, mas não segurou o ímpeto do Pinheirense-PA que venceu por 4x1

    O Náutico se despediu do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino com derrota, nos Aflitos, na tarde desta quarta-feira (1º). O time alvirrubro precisava vencer para continuar com chances de classificação à fase seguinte do Brasileirão, mas foi derrotado por 4x1 para o Pinheirense-PA. 

    O Náutico não conseguiu ganhar nenhum dos quatro jogos que realizou durante a fase de grupos do Campeonato Brasileiro, sendo dois em casa e dois fora. Nas outras três partidas, o Timbu havia empatado. Esta foi a primeira participação do futebol feminino do Náutico numa competição de nível nacional.

    O jogo foi bastante disputado, com as equipes buscando a área a todo momento. Como só o resultado positivo interessava ao Náutico, o time se lançou mais ao ataque. Com isso, o Pinheirense-PA procurou aproveitar os espaços cedidos pelas alvirrubras, em contra-golpes perigosos. Logo aos 7 minutos, a meio-campista Cintia chutou uma bola na trave direita de Thay. A resposta do Timbu não demorou. Mas Bea não soube aproveitar uma boa articulação de contra-ataque e chutou para fora, aos 15.

    Aos poucos, as paraenses apresentaram um futebol mais entrosado e consciente, justificando a liderança do grupo 4, agora com 9 pontos, em quatro jogos. Aos 19 minutos, uma das goleadoras da competição, a atacante Pingo começou a aparecer na partida, mas sem conseguir superar a defesa timbu. Por duas vezes seguidas, aos 30 e 33, a goleira Thay mostrou que resistiria bem às investidas.

    Mas Bea respondeu à altura e obrigou Rosany a fazer excelente defesa, num chute certeiro. A bola ainda carimbou o travessão paraense. Na sequência, Bea teve nova chance de abrir o placar, mas não conseguiu. Como castigo, o time visitante aproveitou uma bobeira da zaga timbu e fez 1x0, por intermédio de Kelohane.

    A etapa final prometia ser mais intensa. E não deu outra. Com 10 minutos de jogo, o Náutico conseguiu engatilhar o empate, em grande jogada de Neres, que estreou esta tarde. Ela recebeu bom passe de Jana pela direita e avançou em direção ao gol, mas foi calçada dentro da área por Lauzi: pênalti. Fabi cobrou e deixou tudo igual nos Aflitos.

    Porém, o fator aleatoriedade também faz parte do contexto do jogo. Nesse caso, foi o azar da lateral Pikachu. Aos 15 minutos, ela tentou tirar uma bola marota na pequena área, em chances sequenciadas do Pinheirense, mas errou o chute. A bola saiu com efeito e entrou na própria barra. A virada pareceu pesar para o Náutico, que não conseguia mais concatenar as jogadas. 

    O time adversário aproveitou-se dessa situação e conseguiu praticamente selar a vitória aos 26 minutos. Numa bela jogada, a lateral Kelohane (que havia aberto o placar do jogo), recebeu bom passe pela esquerda e finalizou com categoria. A bola encobriu Thay, que nada pôde fazer.

    O Náutico não se encontrou mais em campo e nada dava certo. Em meio a esse desencontro, o Pinheirense fechou o placar com gol da atacante Pingo (que agora tem seis gols no campeonato), num contra-ataque fulminante. 


    FICHA TÉCNICA

    Náutico 1
    Thay, Pikachu, Lorena, Suzan e Marcela; Adrielly (Neres), Jana (Dinha), Fabi (Melina) e Carol; Bea e Soraya. Técnica: Gleice Falcão. 

    Pinheirense-PA 4
    Rosany; Priscila, Helayne, Lauzi e Kelohane; Pelé, Cintia, Jeane (Suellen) e Cássia; Juliane (Raquel) e Pingo. Técnica: Aline Costa.

    Local: Aflitos. Árbitra: Ana Karina. Assistentes: Carla Santana e Bruno Vieira. Gols: Lauzi, 43 do 1º tempo; Neres, aos 11, Pikachu (contra), aos 15, Kelohane, 26 e Pingo, aos 38 todos do 2º tempo. Cartões amarelos: Pikachu, Melina e Bea (NAU); Lauzi (PIN). 

    José Gomes Neto
    http://www.nautico-pe.com.br/
    Share
    Banner

    Deixe seu comentário