• Global
  • Video
  • Gallery
  • World News
  • Sports
  • Navigation

    Rondoniense Feminino 2014

    Rafael Ribeiro / CBF
    Há menos de uma semana para o encerramento das inscrições para o Campeonato Rondoniense Feminino 2014, Genus e Espigão foram os únicos a confirmar a participação. Com muita disposição e garra para representar o estado na Copa do Brasil de Futebol Feminino 2015, os times se preparam e fazem planos para a disputa que tem início no 8 de novembro. As inscrições podem ser feitas por clubes federados até dia 31 de outubro. 

    Segundo Almir Belarmino, diretor esportivo da Federação de Futebol do Estado de Rondônia, FFER, caso nenhum outro time se inscreva, a disputa vai ser realizada em dois jogos.

    - As inscrições vão até dia 31 de outubro. Se  os dois times a participarem da competição, faremos dois jogos, um de ida e um de volta, para decidir quem vai representar o estado.
    Para a equipe do Espigão, a expectativa é sempre boa. As atuais campeãs do Rondoniense se preparam com calma para a disputa, que pode significar o seu bicampeonato. Brender Nogueira, o técnico da equipe, afirma que está contente em treinar uma equipe já com experiência no estadual.

    - Nós participamos ano passado pela primeira vez e conseguimos vencer, fomos para a Copa do Brasil. Esse ano pretendemos repetir o feito. Estamos com uma equipe mais estruturada e atletas mais experientes. Quase todas as meninas já confirmaram presença e convidamos até uma atleta de Porto Velho.

    Já para as meninas do Genus a situação é oposta. Com uma equipe que está unida há cerca de um ano e que chegou a duas finais em competições municipais, elas treinam com dedicação para conquistar o título. Ao invés do nome da equipe, Viviane Almeida conta que se forem campeãs, as Genocídas pretendem levar o nome do estado para a Copa.

    - Não é fácil manter um time de futebol feminino. Para manter a equipe unida a gente tem ficar criando eventos durante o ano porque são poucos os oficiais. Se o Genus ganhar o Rondoniense, queremos montar uma seleção com atletas do estado. Não vai o Genus a jogar na Copa Brasil, e sim o time de Rondônia. Já falei para as minhas meninas que esse é o plano e que se a gente não ganhar, elas estão livres para entrar no time que vai o nacional.

    Via: G1
    Share
    Banner

    Deixe seu comentário