• Global
  • Video
  • Gallery
  • World News
  • Sports
  • Navigation

    James Rodríguez e Van Persie não assustam Stephanie Roche

    Foto: Reprodução

    Finalista do Prêmio Puskas, a irlandesa de 25 anos encara a oportunidade com a mesma desenvoltura com que enfrentou as marcadoras na entrada da área antes de dar o chapéu e acertar o ângulo, no lance que pode ganhar a eleição da Fifa de gol mais bonito do ano.

    Muita gente no mundo do futebol se manifestou nos últimos dias para apoiar Stephanie. Entre as personalidades que chamaram a atenção da irlandesa, a declaração que ela mais gostou de ver foi de David Luiz, que disse estar torcendo por ela. 

    Com o apoio também de sua família e amigos, além da mídia irlandesa, que tem realizado campanhas pedindo votos, Stephanie está confiante que pode ganhar. Atualmente jogando no ASTTP Albi, em uma cidade pequena no sul da França, ela contabiliza votos dos dois países, e também diz que recebe grande incentivo da Suécia. Ela aproveitou a entrevista para o programa "Esporte Espetacular" para pedir votos aos brasileiros:

    - O Brasil é o país do futebol mágico. Revelou os melhores jogadores dos últimos anos e o povo entende muita coisa. Espero que possam se identificar com meu gol e achem que tenha um gosto brasileiro para votarem em mim - disse a atleta.

    Simpática, mas tímida, ela fica um pouco sem graça ao comentar os gols dos adversários - nos três primeiros dias depois de virar finalista, deu 45 entrevistas para jornalistas de várias partes do mundo -, mas não deixa de mostrar sua personalidade forte.

     Eu vi os dois gols ao vivo e são maravilhosos. O voleio do James foi até bem parecido. Muita gente já veio me dizer que o meu tem mais técnica e eu gosto de ouvir isso. Ambos merecem estar lá também, mas eu vou defender o meu e dizer que é melhor.

    Quando fez seu golaço, dando chapéu na adversária e batendo no ângulo antes de deixar a bola cair no chão, ela estava em uma liga amadora da Irlanda e não passava por boa fase. Por pouco seu feito não chegou ao conhecimento do público mundial. O lance espetacular foi filmado pelo técnico do time adversário.

    - Ele era o único gravando, e no dia seguinte me chamou para mostrar o gol no laptop. Eu pedi uma cópia para guardar para mim, o meu empresário colocou no Youtube e viralizou - conta a jogadora, que na hora nem percebeu o tamanho de seu feito. - Eu fui artilheira do campeonato nos dois anos anteriores. No dia daquele jogo, estava há cinco partidas sem marcar e um pouco irritada com isso. Na hora que fiz o gol parecia ter sido só um gol normal. Depois que fui ver que foi especial.

    A votação está na reta final e fica aberta no site da FIFA até a próxima segunda-feira (clique aqui para acessar). A hashtag oficial da campanha pelo gol da irlandesa no twitter é #voteforstephanie.

    G1
    Share
    Banner

    Deixe seu comentário