• Global
  • Video
  • Gallery
  • World News
  • Sports
  • Navigation

    Gêmeas gaúchas se destacam no Vitória


    A lateral-esquerda pega a bola e passa para a meia-atacante. O torcedor que não estiver atento pode se confundir e pensar que é a mesma atleta, até entre as adversárias isso é natural. A semelhança das gêmeas gaúchas Chaiane e Natane Locatelli do Vitória chama a atenção.

    Naturais de Garibaldi-RS, as irmãs têm 20 anos e foram contratadas pelo Tricolor das Tabocas em janeiro. Em campo, Natane joga como lateral e Chaiane como atacante. A paixão pela bola foi simultânea e, assim como no nascimento, elas não se separam. O clube anterior foi o Foz Cataratas-PR. As duas também já defenderam a seleção brasileira Sub-17 na Copa do Mundo em 2012.  

    Elas começaram a jogar com nove anos em uma escolinha."A gente morava numa rua que tinha mais meninos do que meninas. Desde pequena sempre jogamos e com o tempo fomos levando mais a sério", comentou Natane sobre o início da carreira. "No início eu era atacante e a Chai era meia, mas um técnico me colocou para jogar na lateral e desde então, fiquei", acrescentou. Além do Foz, as duas também atuaram pelo Kindermann-SC. "Dentro de campo, as atletas demoram a perceber que somos gêmeas", completou Chaiane.

    As duas já tentaram enganar a arbitragem, mas a artimanha não deu certo. "A Natane já tinha cartão amarelo e fez uma falta. Eu disse que tinha sido eu, mas o árbitro viu pelo número da camisa", conta Chaiane, com um sorriso. "Só tentamos essa vez e vimos que temos de respeitar as regras", acrescentou. "A gente se dá muito bem e somos parceiras. Tanto dentro quanto fora de campo".

    Morando a uma distância de 3.608 km da família, as gêmeas revelam que recebem o apoio da família, mas não foi fácil no início. "No começo foi difícil porque somos só nos duas de filha, mas acostumam porque que sabem que é o nosso sonho. Eles sempre ajudaram", afirmou Chaiane. "O Vitória é um dos melhores times do Brasil em termos de estrutura e de apoio. Pernambuco é um lugar bem acolhedor", finalizou.

    O Vitória foi eliminado na semifinal da Copa do Brasil de Futebol Feminino e agora está com as atenções voltadas para a conquista do hexacampeonato pernambucano. Neste domingo (29), o Tricolor das Tabocas recebe o Revelação, no Estádio Severino Carneiro, às 15h, pelo Estadual.  


    Assessoria FPF 
    Foto: Hildo Neto/FPF
    Share
    Banner

    Deixe seu comentário