• Global
  • Video
  • Gallery
  • World News
  • Sports
  • Navigation

    São José EC e São Paulo se enfrentam domingo na final do Paulista

    Local do primeiro confronto
    Com duas ótimas campanhas no Campeonato Paulista Feminino, São José EC e São Paulo se enfrentam na final, que será disputada em duas partidas. O primeiro jogo será no dia 30 de agosto, na Arena Barueri, e o segundo no dia 5 de setembro, no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos. A equipe do Vale do Paraíba decidirá em seus domínios por que, ao longo da competição, teve uma campanha melhor que a do time da capital paulista.


    Emily Ribeiro comando o São José E.C. (Foto: Rafael Ribeiro/CBF) 

    Ao longo das três fases, o São José conquistou 38 pontos, formando a segunda melhor pontuação da competição, e eliminou o Audax, que tinha a maior pontução - 39. Em 16 partidas, foram 12 vitórias, dois empates e apenas duas derrotas, ambas em casa. Na terceira rodada, a equipe comandada por Emily Lima teve seu primeiro confronto com o São Paulo, em São José, e perdeu por 1 a 0. Caso seja campeão, a equipe do interior conquistará o bicampeonato, já que levantou a taça em 2014. Além disso, nos últimos anos, a equipe tem tido bom rendimento no campeonato, foi vice-campeã em 2010 e 2013, e campeã também em 2012.

    Graças ao bom desempenho no torneio, o São José poderá contar com a ajuda de seus torcedores na partida de volta. A treinadora do clube comemorou o fato de decidir o título como mandante. “Decidir em casa é sempre bom. Temos a vantagem de dois empates pela campanha que fizemos até aqui. Mesmo assim não vamos mudar a nossa forma de jogar. O modelo de jogo será o mesmo. É importante sim jogar pelos dois resultados iguais, entrar em campo com o regulamento a nosso favor. Independente disso vamos buscar sempre a vitória”, declarou Emily.

    Para o primeiro duelo contra o São Paulo, a equipe joseense terá três desfalques: a lateral-esquerda Yasmin e as volantes Pepê e Baiana. Emily disse que terá que improvisar nas posições desfalcadas. “Na atividade de hoje (26/8) começo a fazer algumas alterações na equipe para ver quem vai se encaixar melhor. Devo improvisar nessas posições”, contou a comandante.

    Na semifinal, o São José enfrentou o Audax e venceu as duas partidas por 1 a 0, garantindo a vaga na decisão. Emily elogiou a atuação da sua equipe na partida que garantiu a classificação à final do torneio. “O time entrou bem e concentrado. Priorizamos a marcação e posse de bola. Felizmente, o resultado veio e conseguimos chegar à final. Agora é se preparar bem para decidir o título”, disse a treinadora.

    Do outro lado, o São Paulo, que levantou a taça em 1997 e 1999, também apresentou ótima campanha ao longo da competição. A equipe comandada por Marcelo Frigerio venceu dez partidas, empatou cinco e perdeu apenas uma, fora de casa. Comparado ao São José, o tricolor conquistou três pontos a menos no total, tendo o terceiro melhor aproveitamento do campeonato.


    Marcello Frigerio, técnico do São Paulo (Foto: Igor Amorin/saopaulofc.net) 
    O treinador falou sobre a campanha, exaltando o equilíbrio conquistado ao longo do torneio. “Conseguimos equilibrar bem o time. Tomamos poucos gols, apenas nove, e ficamos oito jogos consecutivos sem tomar gols. Além disso, perdemos apenas uma partida. Marcamos bem e a dedicação no esquema tático fez com que a gente fizesse essa campanha”, declarou Marcelo.

    A única derrota da equipe da capital paulista foi para o XV de Piracicaba, já na segunda fase, por 2 a 1, fora de casa. Ao vencer a partida de volta por 4 a 0, na Arena Barueri, o São Paulo se classificou para a semifinal por conta do saldo de gols. Na etapa seguinte, o tricolor encontrou novamente grandes dificuldades para prosseguir até a decisão do Campeonato Paulista. As duas partidas contra o Santos terminaram empatadas em 2 a 2 e a equipe de Marcelo só se classificou por ter feito uma campanha melhor que o clube praiano no decorrer do torneio. 

    Nos duelos com o São José na primeira fase, o São Paulo saiu vitorioso em um e empatou outro. O treinador pretende repetir esse resultado na final da competição, no entanto, Marcelo disse que muita coisa mudou desde então. “O momento agora é outro, na primeira fase muita coisa mudou, tanto pra elas quanto pra gente. Não vamos mudar nossa forma, nossa filosofia de jogo. Sabemos os pontos fortes e fracos delas. Vamos procurar fazer o que viemos fazendo, nosso ataque tem sido efetivo e temos conseguido os resultados”, afirmou.

    Sobre a final, o técnico são-paulino pediu calma e crê que serão duas partidas equilibradas. “A gente sempre joga com estratégia de jogo, são dois jogos, na verdade é um jogo com dois tempos. Temos que ter calma, pois será um jogo equilibrado, um jogo de detalhes. As alterações táticas acontecerão dentro da partida, de acordo com o jogo, mas iremos com a mesma filosofia que tivemos ao longo de todo o campeonato”, finalizou.

    Final

    Primeira partida: Domingo (30), às 15h, na Arena Barueri, em Barueri;
    Segunda partida: Sábado (5), às 19h, no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos.

    Via Federação Paulista
    Share
    Banner

    Deixe seu comentário