• Global
  • Video
  • Gallery
  • World News
  • Sports
  • Navigation

    Draft do Brasileirão Feminino

    Foto: Fernanda Fiuza / CBF 
    Os destinos de 14 jogadoras e de oito equipes do Brasileirão Feminino de 2016 se encontram na tarde desta terça-feira (23), na segunda edição do Draft do Brasileirão Feminino. O evento acontece na sede da CBF, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, com início previsto para as 16h (de Brasília). O sistema de escolha definirá quais equipes serão reforçadas por cada uma das 14 atletas que integram o elenco da Seleção Feminina Permanente. A abertura para a imprensa será às 15h. Acompanhe todo o evento por meio da transmissão da CBFTV, que mostra tudo ao vivo a partir das 15h45, no site oficial da CBF. 

    Confira a lista de jogadoras que participarão do draft:

    Goleiras

    Bárbara, Letícia e Luciana

    Zagueiras

    Bruna, Géssica e Tayla

    Laterais

    Camila e Rilany

    Meias

    Bia, Formiga, Juliete, Maurine e Thaisa

    Atacante

    Travalão

    COMO FUNCIONA

    O draft marca o início da segunda fase do Brasileiro Feminino. A ordem das quatorze escolhas será definida por sorteio, dividido em duas rodadas. Primeiro, será definida a ordem dos oitos primeiros clubes a escolher as jogadoras. Após as oito primeiras seleções, será realizado novo sorteio, que definirá as duas equipes que não poderão receber atletas na segunda rodada do draft. A ordem das escolhas nesta rodada obedecerá a sequência inversa da primeira. Isto é, se um clube ficar com a primeira escolha na primeira rodada, terá a última escolha possível na segunda.

    DEDO NO TÍTULO

    Em 2015, a CBF organizou o primeiro draft da história do futebol brasileiro. Foram 20 jogadoras distribuídas entre oito times, em um sorteio realizado na sede da CBF, com a presença de dirigentes de todos os clubes. Boa parte dos rumos do campeonato foram definidos a partir daquela noite. Atual campeão do torneio, o Rio Preto-SP recebeu a goleira Luciana e a atacante Darlene, que se destacou pela equipe do interior paulista. Darlene terminou a competição como artilheira do Rio Preto, com cinco gols e liderou a equipe rumo ao título brasileiro.

    VIce-campeão, o São José contou com o reforço das meias Formiga e Bia. As duas jogadoras que defenderam a Águia do Vale têm presença garantida nesta edição do draft do Brasileiro Feminino. Experiente, a capitã Formiga marcou um gol na campanha do São José rumo ao vice-campeonato.

    Assessoria CBF
    Share
    Banner

    Deixe seu comentário