• Global
  • Video
  • Gallery
  • World News
  • Sports
  • Navigation

    DEBORAH CECÍLIA INTEGRA O QUADRO DA FIFA

    Deborah Cecília
    Árbitra profissional há cinco anos, Deborah Cecília foi surpreendida no último dia de 2016 com a notícia de que havia sido promovida para o quadro da FIFA. A árbitra soube através de um colega de profissão que mandou uma mensagem para ela através de um aplicativo de celular.

    Deborah contou que ficou surpresa ao receber a notícia e que por um instante achou que não fosse verdade e que precisou confirmar se era mesmo o seu nome que estava na lista divulgada pela entidade.

    Na arbitragem o processo para chegar ao nível FIFA é longo e árduo. Deborah Cecília contou que para ser promovida ao quadro FIFA existe uma caminhada longa. “São degraus. Nós começamos com o escudo do nosso Estado, depois passamos para o nacional da CBF e vamos passando por provas, testes físicos. O nosso Estado tem que ter vaga e quantidade de jogos também”, disse.

    A árbitra falou que ainda sofre preconceito por trabalhar no futebol. E revelou que essa ainda é uma das maiores dificuldades que ela sente em trabalhar nesse meio. “A maior dificuldade ainda é por ser mulher. Para você conseguir adquirir a confiança e o respeito leva um pouquinho de tempo. Então assim, eu só tenho que agradecer a minha comissão presidida por Salmo Valentim e a Comissão Nacional por acreditar no meu trabalho”.

    Deborah Cecília conta que pretende trabalhar muito para desempenhar o seu trabalho da melhor forma possível dentro de campo. “Pretendo fazer tudo da melhor forma e me empenhar na minha carreira. Sei que a partir de agora as responsabilidades aumentam”, revelou.

    Experiente dentro das quatro linhas, Deborah fez questão de deixar um recado para os profissionais que pretendem alcançar o patamar mais alto da arbitragem. “Vou pedir para não desacreditar. Eu sei que é difícil para todo mundo, mas não pode desacreditar e também ter capacidade, dedicação, abrir mão de lazer muitas vezes, treinamento, alimentação, estudar as regras, assistir jogos, e realmente ser diferenciado. Isso é o que vai levar a chegar”, finalizou.

    Via FPF
    Share
    Banner

    Deixe seu comentário