Equipe realizou as apresentações oficiais Foto: Divulgação / Iranduba

O Esporte Clube Iranduba da Amazônia apresentou nesta segunda-feira (30) no salão Bossa Nova na Arena da Amazônia, o elenco feminino que vai encarar o Campeonato Brasileiro 2017, a equipe do norte integra o grupo 1 juntamente com Corinthians, Audax, Vitória/PE, Sport/PE, São Francisco/BA, Grêmio e Kindermann.

Sérgio Duarte encara desafio no futebol feminino


Campeão amazonense em 2009 e vice-campeão brasileiro da Série D em 2010 com o América, o técnico Sérgio Duarte começou a viver em 2016 um novo desafio na carreira: treinar uma equipe de futebol feminino. À frente do Iranduba, e com a missão de levar o time ao topo do Brasil, ele conta que já familiarizado com a função, e que quer fazer deste mais um bonito capítulo em sua trajetória no futebol.

Sérgio começou no futebol profissional em 1983. Após atuar no Flamengo e em Portugal, encerrou a carreira em 2005 para se tornar treinador. No América conseguiu suas principais conquistas, e atualmente é o encarregado de comandar o time mais promissor do futebol amazonense, que disputa as principais competições de sua categoria.

Sérgio revela que o futebol feminino não é bem uma novidade na sua carreira.
- Eu tive um primeiro contato como treinador feminino ainda no Nacional, quando fui coordenador da escolinha e montei um time feminino lá. Apareceram muitas meninas na época. Acabamos de disputar e vencer um torneio amador do qual sempre participamos coordenando um time feminino. Não é algo exatamente novo para mim, mas é verdade que do ano passado para cá me familiarizei com muitos outros aspectos. Graças a Deus a coisa tem corrido bem – disse.

Foto: Divulgação / Iranduba
Um dos pontos que Sérgio destaca no elenco atual é a absorção de conselhos por parte das atletas. Na apresentação do grupo, nesta segunda-feira, foi fácil perceber que o clima no Iranduba é leve, de descontração e bom relacionamento entre as atletas. Segundo Sérgio, essa é uma das características trabalhadas no dia a dia.

- É importante estar inserido em um bom clima. No que já pude conversar com elas fiz questão de ressaltar a importância de trabalharmos com união e cada vez mais estarmos unidos em torno de um objetivo. Nos treinos sempre peço empenho, responsabilidade, mas principalmente alegria. E elas tem feito isso. Sabemos a hora em que temos que buscar mais seriedade e elas entendem, mas em determinadas situações a gente alivia para que elas brinquem e se divirtam um pouco. Assim vamos trabalhando – completou.

Ele conta que o trabalho de pré-temporada, que já começou com a disputa de um torneio amador, procurou não exigir tanto das atletas, que agora sim, de fato, vão começar a trabalhar pensando nas competições nacionais que o clube tem pela frente.

- Nesse retorno das férias procuramos não entrar logo na pré-temporada pura, já no trabalho físico. Demos uma readaptação para as jogadoras para sentir como elas estariam chegando das férias. Tivemos uma resposta positiva de todas – concluiu.

Competições nacionais estas que já estão na mira não só do treinador como também das atletas.

- A principal competição é o campeonato brasileiro. Caímos num grupo muito equilibrado. A base foi mantida e as jogadoras que foram contratadas mostraram que têm potencial. Fizemos as observações necessárias e o Lauro trouxe jogadoras que ele já conhecia – concluiu.
Compartilhe:
Liga Feminina

Futebol Feminino do Brasil

Rua dos Coqueiros Verdes, 75/02 Cachoeira do Bom Jesus CEP: 88056-505 Florianópolis Santa Catarina Brasil Fone (48) 8447-6086 e-mail : editorresponsavel@gmail.com.