• Global
  • Video
  • Gallery
  • World News
  • Sports
  • Navigation

    CLASSIFICAÇÃO HISTÓRICA DO IRANDUBA

    Manaus – AM – 21/06/2017 – BRASILEIRÃO CAIXA 2017 – ESPORTES – Jogo 119, Grupo 05 da Série A1 do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino “Brasileirão Caixa 2017” entre, Iranduba da Amazônia X C.R. Flamengo/Marinha, realizado na Arena da Amazônia em Manaus, AM; válido pelo grupo 05 do Brasileirão Feminino 2017 A1. Foto: MICHAEL DANTAS/ALLSPORTS
    O Iranduba empatou em 1 a 1 com o Flamengo, nesta quarta-feira (21), na Arena da Amazônia, em Manaus, e garantiu a classificação histórica no Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. O jogo foi acompanhado por 15.107 pessoas.

    O time amazonense contou com a vantagem de dois gols marcados fora de casa, no empate da primeira partida, para assegurar a vaga na próxima fase.

    Com cara de decisão, o jogo foi bastante movimentado desde o primeiro minuto com grandes chances dos dois lados. O Iranduba começou a partida melhor e abriu o placar com facilidade na primeira etapa, o Flamengo reagiu e passou a dominar a partida, empatando no final do primeiro tempo. Nos 45 minutos finais, apesar do jogo aberto, a partida ficou mesmo no empate.

    Apesar da popularidade do time carioca na capital amazonense, dentro do estádio o que se viu foi uma quantidade de torcedores muito maior a favor do Hulk da Amazônia. A presença do público garantiu também a marca histórica de maior público de todas as edições do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino.

    O jogo

    A atmosfera da Arena da Amazônia parece ter contagiado as atletas desde o apito inicial. Logo nos primeiros minutos, o Hulk teve a chance de abrir o placar, mas Danny Elena parou nas mãos da goleira Kaká.

    Aos 20 minutos, o Iranduba abriu o placar. Após jogava de velocidade que pegou o time do Flamengo com a defesa bagunçada, Mari achou Mayara livre que finalizou com força para fazer o primeiro gol da partida.

    Aos 33, Kamilla quase amplia o placar após receber cruzamento de Leticia e acertar a trave do time carioca.

    Aos 44 minutos, o volume de jogo do Flamengo rendeu resultados. Em cobrança de falta na lateral do campo, a bola foi alçada na área do time amazonense e a zagueira Tania Maranhão subiu mais alto e igualou o placar.

    No segundo tempo da partida o ritmo seguiu frenético. Aos 4 minutos, Djeni chegou a balançar as redes para o time da casa mas teve o impedimento marcado. O troco veio quatro minutos depois quando Diany marcou para p Flamengo, também em posição irregular apontada pela arbitragem e o jogo seguiu empatado.

    O time visitante passou a crescer na partida, mas Djeni voltou a chamar a responsabilidade pelo lado do Hulk e acertou a trave do Flamengo, mais uma vez. Na sequência, o Iranduba viu o Flamengo ter duas boas oportunidades a seu favor na partida, sem aproveitar.


    Ficha Técnica

    Iranduba 1 x 1 Flamengo
    Local: Arena da Amazônia (em Manaus-AM);

    Árbitro: Edmar Campos Encarnação (AM);
    Assistentes: Anne Kesy Gomes de Sá e Eliane Nogueira dos Santos; 4º árbitro: Antônio Carlos Pequeno Frutuoso (AM);

    Gols: Mayara aos 20’ e Tânia Maranhão aos 44’ do 1º tempo;
    Cartões amarelos: Driely e Micaelly (Iranduba); Bárbara (Flamengo);
    Público pagante: 15.107 torcedores; Renda: R$ 53.010,00;

    Iranduba
    Rubi; Monalisa, Sorriso, Karen e Letícia; Driely, Djeni, Mari (Cris) e Mayara (Micaelly); Kamilla e Dany Helena (Vitória Almeida). Técnico: Sérgio Duarte.

    Flamengo
    Kaká; Raquel (Pâmela), Carol (Renata), Tânia Maranhão e Ju; Emilião, Rayane (Patrícia), Diane e Flávia; Bárbara e Jane. Técnico: Ricardo Arantes.
    Share
    Banner

    Deixe seu comentário