Com barba e bigode pintados no rosto e segurando cartazes que diziam: “nos vestimos de homem para que nos deem valor”. Foi assim que as jogadoras do time de futebol feminino Club Sportivo San Lorenzo, do Paraguai, entraram em campo no último final de semana.

O protesto foi dirigido a direção do clube, acusada de não repassar a verba da Federação de Futebol do Paraguai destinada à equipe feminina. Segundo declarações da capitã do time principal Johana Benítez ao jornal La Nación, as categorias femininas estão sem infraestrutura para treinar, sem campo para jogar e sem assistência quando se machucam. Elas decidiram, então, se vestir como homens, já que eles têm toda a atenção dos responsáveis do clube.
Compartilhe:
Liga Feminina

Futebol Feminino do Brasil

Rua dos Coqueiros Verdes, 75/02 Cachoeira do Bom Jesus CEP: 88056-505 Florianópolis Santa Catarina Brasil Fone (48) 8447-6086 e-mail : editorresponsavel@gmail.com.