• Global
  • Video
  • Gallery
  • World News
  • Sports
  • Navigation

    TATIELE SILVEIRA “ENCONTRANDO CAMINHOS”

    Tatiele a comandante colorada Foto: Ricardo Moura / FFB

    A menina que acompanhava o pai em partidas amadoras de futebol, que jogava futebol com meninos na zona norte de Porto Alegre, que não brincava de esconde- esconde, preferia a bola,  que iniciou muito cedo a quebrar de tabus e conceitos pré definidos hoje tem por finalidade levar o futebol feminino colorado a elite da categoria em nível nacional.
    Com cerca de quatorze anos ela vestiu a camisa do Internacional frequentando a escola feminina formada por pela Duda, que na época ainda jogava futebol, Tatiele jogou o seu primeiro Campeonato Gaúcho em 1997 além de competições nacionais.

    Como treinadora ela comandou o Grêmio por 5 anos a frente do futebol feminino, de 2009 a 2013, na sua caminhada pelo aprimoramento e o crescimento profissional ela frequentou os gramados americanos trabalhando trabalhando em Soccer Academys nos anos de 2014 e 2015.

    A construção dos caminhos na função de treinadora de futebol Tatiele tem em seu currículo a função de auxiliar técnica na seleção Brasileira de Futebol Feminino sub-17 participando do mundial da categoria em 2016.

    O curso de treinadores da CBF, licença “B” foi mais um caminho que Tatiele Silveira encontrou para garantir o seu espaço de forma definitiva no universo futebolístico.

    Foto: Ricardo Moura / FFB
    Nos dias de hoje a comandante colorada tem pela frente um importante desafio, encontrar o caminho para que o Internacional de Porto Alegre chegue a série A1 do Campeonato Brasileiro Feminino, para isso ela é uma das principais ferramentas de facilitação para o aprendizado das novas atletas coloradas, passar  o conhecimento adquirido em todos os anos de vivência futebolística, Tati se declara preparada para o desafio.

    No elenco principal feminino ela conta com atletas que tem média de 22 anos, a mais nova com 13 anos, atletas com convocações para a seleção brasileira e que já começam a ganhar o mundo, inclusive indo jogar nos Estados Unidos.

    Tati fala que o momento no Internacional é especial, com um orçamento definido é possível auxiliar as atletas com ajudas de custo, estudos, alimentação entre outros.

    No comando do Internacional ela já tem a conquista do Campeonato Gaúcho Feminino Sub-17 e na categoria principal feminina lidera o grupo “C”, duas vitórias, frente a equipe do Estrela e do Ijuí.

    Na competição em andamento existe uma expectativa sobre o enfrentamento em campo das equipes do Inter e do Grêmio, um GRENAL feminino já cria o imaginário de um grande desafio no caminho da treinadora, certamente poderá ser um ponto historio e alavancar ainda mais o futebol feminino gaúcho. 

    Share
    Banner

    Deixe seu comentário