• Global
  • Video
  • Gallery
  • World News
  • Sports
  • Navigation

    RAP - FIFA PARA ÁRBITRAS E ASSISTENTES

    Créditos: Daniel Guimarães / CBF
    O sábado (21) foi especial para as mulheres da arbitragem brasileira. No Eco Resort Oscar Inn, na cidade de Águas de Lindóia (SP), foi iniciado o IV Curso RAP-FIFA Feminino. Através da parceria entre a Entidade máxima do futebol mundial, a Escola Nacional de Arbitragem de Futebol (ENAF) e a CBF, sete árbitras e 33 assistentes terão, em um período de cinco dias, atividades preparatórias sob o comando de experientes instrutores.

    O RAP (Abreviação da expressão em inglês Referees Assistance Programme ou Programa de Assistência para Árbitros) vai promover aulas práticas e teóricas visando a uma busca pela evolução e desenvolvimento das participantes. O grupo chegou ao Resort em um ônibus no início desta tarde e até o pavão, hóspede ilustre do local, se abriu para receber as árbitras e assistentes. 

    Na abertura, a instrutora física da FIFA, Cristian Rosen, parabenizou a CBF por seu apoio ao aprimoramento do ofício e lembrou do esforço dos dirigentes em desenvolvimento do gênero feminino. Ela destacou que o quarteto que foi ao recente curso na Conmebol, formado por Edina Batista, Neuza Back, Tatiane Camargo e Rejane Corrêa, teve um excelente desempenho nos pilares técnicos, físicos e no mental. Tudo isto é fruto da atenção e do forte investimento da CBF.

    Ana Perez, instrutora técnica da FIFA, que participa de cursos pela América do Sul e no feminino, percebe claramente os avanços significativos, principalmente no pilar mental. Ela destacou que o Brasil é o único que disponibiliza uma profissional da área de psicologia há anos para todos os cursos.

    O presidente da Comissão de Arbitragem Marcos Marinho, enfatizou o investimento feito pela CBF e afirmou que está satisfeito com os resultados obtidos nos campos de futebol. Ele afirma que a designação de oito árbitros brasileiros para as duas últimas rodadas das eliminatórias é a resultante do incansável trabalho que vem sendo desenvolvido. Marinho conclamou o gênero feminino a buscar seu espaço com ainda mais dedicação, pois a CBF tem proporcionado cada vez mais atividades para que elas possam desenvolver suas qualidades e espera que as Federações continuem a multiplicar o número de mulheres na arbitragem.

    Neste primeiro dia, foram passados os objetivos das aulas e iniciado o pilar mental, com a psicóloga da CBF, Marta Magalhães, que visa a um melhor equilíbrio para a mente. A profissional já promoveu alguns testes com as alunas e mediu níveis de concentração. 

    As atividades contam com árbitras e assistentes jovens e experientes, com idades entre 22 e 44 anos. A ideia é que ocorra uma troca de conhecimentos com esta mescla. 

    Nilson de Souza Monção, secretário da Escola Nacional de Árbitros de Futebol (ENAF), falou sobre o curso e destacou todo o empenho que a CBF tem demonstrado pela evolução da arbitragem feminina.  

    – Estamos aqui desde o dia 31 de julho com vários cursos masculinos. Agora temos esse último, que é exclusivamente feminino. Este ano contamos com uma novidade: além de Ana Perez Assanta, do Peru, indicada pela FIFA, a CBF convidou representantes de Argentina, Chile e Uruguai, que chegam para acrescentar muito. Existe um investimento maciço da CBF em cursos e não poderia deixar de ter também no universo feminino, que hoje é uma realidade na arbitragem nacional e mundial – comentou.


    PARTICIPANTES DO CURSO:

    ADELI MARA MONTEIRO
    ADRIANA OLIVEIRA CARVALHO
    ALVANI BRITO NUNES
    ANA KARINA MARQUES VALENTIN
    ANA PAULA DOS SANTOS
    ANDRÉA IZAURA MAFFRA MARCELINO DE SÁ
    ANNE KESY GOMES DE SÁ
    BARBARA ROBERTA DA COSTA LOIOLA
    BEATRIZ OLIVEIRA DANTAS
    CAROLINA ROMANHOLI MELO
    DANIELA GOMES DE OLIVEIRA
    DANIELLA COUTINHO PINTO
    DEISE GENOEFA BELLAVER
    ELIANE DA SILVA MELO
    ELIANE NOGUEIRA DOS SANTOS
    FABRINI BEVILAQUA COSTA
    FERNANDA FRANCIELEN LIMA DA SILVA
    FERNANDA NANDREA GOMES ANTUNES
    HELEN APARECIDA GONÇALVES SILVA ARAUJO
    IZAURA SOUSA E SILVA
    JOSIENE DINELLE PEREIRA
    KATIUCIA MAYER BERGER MENDONÇA 
    LEANDRA AIRES COSSETTE
    LILIAN DA SILVA FERNANDES BRUNO
    LUIZA NAUJORKS REIS
    MAIRA MASTELLA MOREIRA
    MARCELA DE ALMEIDA SILVA
    MICHELLI BRITO DE OLIVEIRA
    PATRICIA CARLA DE OLIVEIRA
    RACHAEL DE MATTOS BENTO
    RAQUEL FERREIRA BARBOSA
    RENATA RUEL XAVIER DE BRITO
    ROSEANE AMORIM DA SILVA 
    RUTHYANNA CAMILA M D SILVA
    SANDRA MARIA DAWIES
    TAINAN BORDIGNON SOMENSI
    TAMARA NAYARA MUHLSTEDT
    THANARA PRYSCIILA ROSA SPEZIA
    VANEIDE VIEIRA DE GOIS
    VANESSA SANTOS AZEVEDO

    INSTRUTORES

    INST. TEC. FIFA PER - ANA PEREZ
    INST. FIS. FIFA ARG - CRISTHIAN ROSEN
    CNI ENAF - ANA PAULA OLIVEIRA
    INST. TEC. ARG. - SABRINA LOIS
    INST. TEC. CHI. - BARBRA BASTIAS
    INST. TEC. URU - PATRICIA SILVA
    PSICóLOGA - MARTA MAGALHÃES
    SEC ENAF - NILSON DE SOUZA MONÇÃO
    INSTRUTOR - GILBERTO CORRALE
    INSTRUTOR - RAIMUNDO LOPO ABREU

    INSTRUTORAS CONVIDADAS

    ALDEILMA DA SILVA
    CLEIDY MARY NUNES RIBEIRO
    ERICA KRAUSS
    EVELINY ALMEIDA DA SILVA

    Assessoria CBF
    Share
    Banner

    Deixe seu comentário