Navigation

ATLÉTICO CONQUISTA A TAÇA CIDADE DE BOA VISTA DE FUTSAL FEMININO


A equipe do Atlético Valência ‘sobrou’ na conquista invicta do título da VI Taça Cidade de Boa Vista de Futsal Feminino da categoria Adulta. No último jogo da final, realizada na noite dessa terça-feira no Ginásio Hélio Campos, as meninas comandadas pela treinadora Suelanny Oliveira voltaram a vencer o Real Madrid/Eficaz, desta vez por 7 a 0, e levantaram a taça do certame feminino promovido pela Federação Roraimense de Futsal (FRFS).

Os gols que deram a vitória e o título de campeãs ao Valencia foram anotados por Talyne (4), Glauciane (2) e Vanessa.

O Atlético Valência jogou e venceu com José, Glauciane, Iolanda, Jéssica Ramalho e Talyne, além de Emiliny, Gleice, Jéssika Carvalho, Lili, Roberta, Rosielde e Vanessa. Técnica: Suelanny Oliveira.

Já o Real Madrid/Eficaz formou com Cristiane, Karina Costa, Mariana, Millena e Nady, além de Adriana, Débora Carvalho, Drik, Isa, Loura, Mirele e Raquel. Técnico: Evaristo Brit.

A arbitragem foi de Márcia de Souza e Kaio Lucian Gonçalves da Costa Forte. Trabalharam como mesários Marcela Castro Soares (anotadora) e Handrezssa Karollynne de Souza Araújo (cronometrista).

Além de Valência e Real Madrid, a competição também foi disputada pelo Barcelona, que encerrou na terceira colocação.

ESTATÍSTICAS – Pelas estatísticas divulgadas pelo Departamento Técnico da Federação Roraimense de Futsal (FRFS) foram marcados 109 gols em 8 jogos o que dá uma média de 13,62 gols por partida. A equipe campeã, o Valência, sobrou na competição. A equipe foi a autora da maior goleada ao vencer o Barcelona por 27 a 0.

Tem as atletas que marcaram o maior número de gols numa partida: Glauciane, Lili e Vanessa, todas com cinco gols, cada. A artilheira da competição é do Valência: Glauciane, com 14 gols (média de 2,33 por jogo), seguida por Vanessa (Valência) com 13 gols, Millena (Real Madrid/Eficaz) com 12, Iolanda (Valência) com 10, Elisângela (Valência) e Talyne (Valência) ambas com 9 gols.

Também é do Valência a melhor goleira: Anna Bárbara. As campeãs tiveram o ataque mais positivo, com 77 gols marcados (média de 4 gols por jogo). E defesa menos vazada do certame com apenas 7 gols (média 1,03 por jogo).

Já o ataque menos eficiente foi do Barcelona com apenas 8 gols marcados (média 2 por jogo) e apresentou também a defesa mais vazada com 64 gols sofridos (média 16 gols por jogo).

Fonte: Folha de Boa Vista
Compar.
Banner

Comente: