Navigation

BOTAFOGO-PB BUSCA REFORÇOS

Técnica do Botafogo-PB, Gleide Costa está preocupada com a reposição de peças no time (Foto: Reprodução / TV Cabo Branco)
Botafogo-PB conseguiu a classificação para a Série A2 do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. Mas a técnica do time, Gleide Costa, vai ter um desafio a mais na competição deste ano. É que a treinadora perdeu quatro jogadoras titulares para outros clubes - entre elas a atacante Lu - e vai ter que se adequar para conseguir seguir bem na competição, que começa no próximo dia 25 (uma quarta-feira).

As Belas do Belo conquistaram o direito de participar da competição após vencerem a partida contra o São Raimundo-RR, nos pênaltis, por 4 a 3, na fase preliminar do torneio. A partida aconteceu no dia 25 de março, no Estádio da Graça, em João Pessoa.

Mas, para a técnica Gleide, essa foi apenas a primeira batalha das meninas botafoguenses na competição. A próxima vai acontecer no dia 25 de abril, data marcada para a estreia oficial da Série A2. No entanto, a CBF ainda não divulgou os grupos e os locais de jogos do torneio.

- Temos mais um desafio. Dando prosseguimento ao trabalho, vamos treinar forte com o elenco que temos e tentar a classificação para a semifinal. Espero conseguir melhorar o elenco com contratações de pelo menos quatro atletas mais experientes, que é a nossa necessidade atual para brigarmos pelo acesso - disse Gleide.

A principal baixa do elenco botafoguense foi a da atacante Lu, que deixou o time de João Pessoa para jogar na Ferroviária de Araraquara, em São Paulo. Mas Gleide tem muito mais a lamentar do que apenas a saída da principal atleta alvinegra nos últimos anos.

- Não só perdemos Lu. Perdemos também Nayara, que jogava no ataque e foi para o 3B, do Amazonas, a meia Adriana, que está no Sport, e a Raquel, que foi a minha zagueira e está em Curitiba. Então, não perdi só uma atleta importante do porte da Lu. Perdi quatro titulares do Brasileiro anterior - disse Gleide.

Globo Esporte
Compar.
Banner

Comente: