Navigation

Equipe feminina do Atlético Huila fica sem prêmio da conquista da Libertadores

Polemica na Libertadores Feminina
Sem o prêmio da Libertadores
Foto reprodução Atlético Huila
Mais uma polemica envolvendo discriminação entre o futebol feminino e o masculino, a equipe do Atlético Huila que conquistou a taça Libertadores Feminina ao bater o Santos voltou a ser foco dos holofotes  nesta quarta-feira (5): uma jogadora do time colombiano revelou que as atletas não receberão o prêmio da competição, pois todo valor irá para a equipe masculina.

“Por sermos campeãs, ganhamos 55 mil dólares, um dinheiro que nunca vai chegar para nós. Isso chega ao Atlético Huila masculino, que tem um presidente diferente do nosso”, revelou Yoreli Rincón ao site 20 minutos.

Ela deu a informação em tom de lamentação: “Até teremos um reconhecimento que nosso presidente vai dar, mas é do bolso dele. Não é nosso prêmio por sermos campeãs da Libertadores. Infelizmente esse é o futebol feminino”.

O Huila empatou com o Santos no tempo normal, por 1 a 1. O time colombiano venceu nos pênaltis, com a última cobrança anotada por Yoreli, que foi uma das melhores jogadoras da competição.
Compar.
Banner

Comente: