Total Pageviews

BRASIL SE DESPEDE DO PROFESSOR VADÃO

Compartilhe:
Vadão fez sua história no futebol brasileiro Foto: Divulgação
O mundo do futebol se despediu nesta segunda-feira (25) do técnico e ex-jogador de futebol, Oswaldo Alvarez. O professor Vadão, ele dedicou 34 anos ao futebol e foi um dos marcos no futebol feminino brasileiro e faleceu vitima do câncer. 

O professor esteve ao longo dos 34 anos dedicados ao futebol no comando da Seleção Brasileira de Futebol Feminino, além de equipes nacionais como Atlhetico Paranaense, Corinthians, Guarani, São Paulo e Ponte Preta. O último trabalho foi a frente da equipe Canarinho na Copa do Mundo da França 2019.

Vadão foi um profissional de extrema coragem, poucos aceitariam a condição de sair do mercado profissional masculino do futebol para  assumir o comando de uma seleção feminina, principalmente em um meio de grande preconceito.

Vadão passou duas vezes pela Seleção Brasileira de Futebol Feminino principal, somando quatro anos e quatro meses de trabalho. O professor marcou a história da seleção com as conquistas do quarto lugar nos Jogos Olímpicos Rio 2016,  dua  Copas Américas, em 2014 e 2018, e a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015. Vadão também comandou o Brasil em duas Copas do Mundo, no Canadá em 2015 e França 2019. 


Títulos

Seleção Brasileira Feminina
Copa América do Equador 2014 e Chile 2018
Medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015

Criciúma
Campeonato Catarinense 2013

Tokyo Verdy
Supercopa do Japão  2005

São Paulo
Torneio Rio-São Paulo 2001

Atlhetico Paranaense
Campeonato Paranaense 2000

XV de Piracicaba
Campeonato Brasileiro Série C 1995
Compartilhe:

Futebol de Campo

matérias especiais

últimas

Deixe um Comentário:

0 comments: