Foto: Lucas Cabral/PMSJC
O São José Futsal Feminino venceu na noite desta quinta-feira (28) o Taboão Futsal por 3 a 0, no ginásio do Tênis Clube, na região central, e saiu na frente nas finais do Campeonato Paulista.

O resultado permite à Máquina Amarela jogar por um empate na partida decisiva, neste domingo (1º), às 17h30, em Taboão da Serra, para ficar com o título estadual deste ano.

Em caso de vitória do Taboão, por qualquer placar, haverá prorrogação de 5 minutos e, persistindo o empate, decisão por pênaltis.

Equilíbrio

A primeira partida das finais foi marcada pelo equilíbrio. As defesas funcionavam bem e as poucas chances de ataque terminavam em chutes para fora ou defesas das goleiras.

O fator de desequilíbrio foi a goleira Regiane, que salvou o São José em todas as chances agudas do Taboão, com ótima atuação.

O primeiro gol da Máquina só saiu quando faltavam 3min19seg para o término do primeiro tempo, através de Bruna Franklin.

Com o gol, o São José manteve a pressão, porém com maior tranquilidade, enquanto o Taboão foi para o vestiário com a responsabilidade de voltar e virar o jogo, expondo-se na defesa.

O segundo tempo foi marcado por maior preocupação com o ataque e, em consequência, mais chances de gols. Foi quando Regiane, goleira também da seleção brasileira, se agigantou na partida, fechou o gol e garantiu a vitória do São José.

No ataque, Bruna Franklin marcou o segundo, a 17min49seg do final, aproveitando falha da defesa do Taboão. A própria Bruna perdeu mais duas chances claras de gol até que, restando 5min15seg, Letícia fez 3 a 0 e deu números finais à partida.

Rivalidade

São José e Taboão têm sido rivais na busca da hegemonia do futsal feminino paulista. Para a Máquina Amarela joseense, o título deste ano significa um hexacampeonato. Para o Taboão, seria o bicampeonato, já que a equipe foi a campeã de 2018.

Na primeira fase do Paulista deste ano, se enfrentaram duas vezes e empataram, demonstrando o equilíbrio entre as duas forças do futsal feminino paulista.

O futsal feminino é apoiado pela Prefeitura de São José dos Campos por meio da LIF (Lei de Incentivo Fiscal) e do Fadenp (Fundo de Apoio ao Desporto Não Profissional).

Wagner Matheus
Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida

Post A Comment: